Traição, Revolta e Conspirações em ‘Maria, Rainha dos Escoceses’

0

‘Maria, Rainha dos Escoceses’, com estreia marcada nos cinemas nacionais para esta quinta-feira, 17 de janeiro, é um filme baseado na história verídica de duas monarcas – e primas – que acreditavam ser ambas as legítimas herdeiras da coroa inglesa.

O filme, que marca a estreia de Josie Rourke na realização, conta a história de Maria Stuart (interpretada por Saoirse Ronan), coroada Rainha de França aos 16 anos, que, ficando viúva aos 18, resiste à pressão de voltar a casar e regressa ao seu país natal, a Escócia, para recuperar o seu direito ao trono, numa altura em que Escócia e Inglaterra estão sob o domínio da imperiosa Isabel I (interpretada por Margot Robbie), sua prima.

Rivais no poder e no amor, e regentes num mundo de homens, as duas têm de decidir como mover as peças no jogo do casamento contra a independência. Determinada a governar como mais do que uma mera representante, Maria impõe a sua reivindicação ao trono inglês, ameaçando a soberania de Isabel. Traição, revolta e conspirações em cada uma das cortes, põem em perigo ambos os tronos – e mudam o rumo da história.

Com um elenco de luxo, com Saoirse Ronan (nomeada para três Óscares – ‘Lady Bird’, ‘Brooklyn’ e ‘Expiação’) e Margot Robbie (nomeada para um Óscar – ‘Eu, Tonya’) nos papéis principais, ‘Maria, Rainha dos Escoceses’ conta ainda com Guy Pearce (‘Brimstone – Castigo’), Gemma Chan (‘Transformers: O Último Cavaleiro’), David Tennant (série TV ‘Doctor Who’), Joe Alwyn (‘Operação Final’), Ian Hart (‘Harry Potter e a Pedra Filosofal’), Jack Lowden (‘Dunkirk’), Brendan Coyle (‘Downton Abbey’) e Martin Compston (‘Sweet Sixteen’).

O argumento, escrito por Beau Willimon, foi baseado na biografia de Maria Stuart – ‘Queen of Scots: The True Life of Mary Stuart’ – da autoria de John Guy.

Sinopse
Rainha de França aos 16 e viúva aos 18, Maria desafia a pressão de voltar a casar. Em vez disso, regressa ao seu país natal, Escócia, para recuperar o seu direito ao trono, numa altura em que a Escócia e Inglaterra estão sob o domínio da imperiosa Isabel I. Cada uma das jovens rainhas vê a sua “irmã” com terror e fascínio. Rivais no poder e no amor, e regentes num mundo de homens, as duas têm de decidir como mover as peças no jogo do casamento contra a independência. Determinada a governar como mais do que uma mera representante, Maria impõe a sua reivindicação ao trono inglês, ameaçando a soberania de Isabel. Traição, revolta e conspirações em cada uma das cortes põem em perigo ambos os tronos – e mudam o rumo da história.

//Flagra

Artigos Relacionados

Sê o(a) primeiro(a) a comentar

Veja também

Aurea / Facebook

Aurea confirma namoro com modelo

Casal já não esconde que está apaixonado Aurea e Ricardo Oliveira estão a viver uma relação discreta. Com o início do namoro ainda recente, a ...