Novo álbum de Madonna envolto em polémica

0

Com data oficial para chegar às lojas agendada para 10 de Março, o novo álbum de Madonna já está a causar polémica nas redes sociais.

Madonna lança 6 músicas do seu próximo álbum

A cantora, que se viu obrigada a antecipar o lançamento de seis temas do novo álbum após uma fuga de informação, publicou agora, nas redes sociais, fotos de líderes com auto-promoção de “Rebel Heart”. À semelhança da cantora, que surge com uma corda amarrada na cara, também assim surge Martin Luther King e Nelson Mandela. A juntar a estes a cantora também publicou as imagens de Bob Marley e John Lennon. As críticas não se fizeram esperar, havendo quem a acuse de desrespeito por utilizar pessoas já falecidas para promover o álbum.

Face a estas críticas, Madonna já reagiu nas redes sociais justificando: “Quero agradecer a todos os meus fãs por recriarem a capa do meu álbum com o laço Rebel Heart [coração rebelde, em português] nas caras de tantos Grandes Heróis. Tal mostra que vocês estão também a celebrar em admiração desses grandes defensores da liberdade! Quando eu partilho essas imagens estou a dizer SIM! Essas pessoas são todas elas Corações Rebeldes de uma forma ou de outra, desde Martin Luther King a Jesus passando por Nelson Mandela ou John Lennon. SIM! Vamos celebrá-los! O mundo precisa de mais pessoas assim. Espero um dia alcançar uma centésima parte do que esses Corações Rebeldes conseguiram. Como eu disse num outro post ‘Eu caminho sobre as pegadas de Gigantes’ e vou continuar a fazê-lo se Deus quiser. Eles são a luz que me guia”.

Madonna está zangada e dá grito de revolta no Instagram

Acrescentando, “Peço desculpa. Eu não me estou a comparar com ninguém. Estou a admirar e a reconhecer os seus Corações Rebeldes. Isto nem é crime, nem insulto, nem racismo! Eu fiz o mesmo com Michael Jackson, Frida Khalo e Marilyn Monroe. Estou eu a dizer que eu sou eles? NÃO. Estou a dizer que também eles são Corações Rebeldes. E não fui eu a fazê-lo. Os meus fãs fizeram-no e eu apenas partilhei essas fotos. Também os meus fãs não são racistas. Se eles me põem na mesma categoria que essas pessoas, obrigado. Estou muito lisonjeada e espero um dia viver um centésimo do que essas pessoas conseguiram”.

Artigos Relacionados

Sê o(a) primeiro(a) a comentar

Veja também

Supere o medo de voar

Não deixe que o medo o impeça de aproveitar uma das melhores coisas da vida: viajar! Uma em quatro pessoas tem medo de voar, simplesmente ...