Bruno Nogueira arrasa Costa “deixou que o ego crescesse mais do que as chamas”

0

Postura de António Costa, face aos incêndios que assolaram Portugal este último fim-de-semana, gera indignação nas redes sociais

Portugal voltou este fim-de-semana a reviver o drama dos incêndios. Vidas perderam-se, muitos ficaram feridos, muitos perderam todo o trabalho de uma vida, uma grande parte da área florestal ficou reduzida a cinzas… numa tragédia que fez recordar Pedrógão Grande. Perante esta calamidade as palavras de António Costa, dirigidas à população portuguesa, têm gerado uma enorme onde de críticas.

Bruno Nogueira deu o seu parecer sobre a postura do presidente perante a tragédia, num post que se tornou viral nas redes sociais “Há uma coisa que aos olhos de Portugal afasta António Costa desta tragédia e que deixa um vazio tremendo em quem procura uma palavra de conforto: a arrogância do discurso. O tom condescendente. Numa altura destas esperava-se muito mais do que uma pose altiva e palavras frias e técnicas. Esperava-se mais do que o absolutamente necessário e óbvio visitar das vítimas e dos locais consumidos pelo fogo. Esperava-se que o primeiro-ministro de Portugal tombasse com quem tombou para dizer que agora nos íamos erguer todos juntos, custe o que custar. Esperava-se que o lado humano espreitasse e nos dissesse que a dor de ver isto tudo é suficiente para baixar por momentos a guarda e falar mais do coração e menos da cabeça. Palavra que queria ter visto isso nos olhos e nas palavras de António Costa, mas acabei por ver só um político que num momento decisivo deixou que o ego crescesse mais do que as chamas.”

Artigos Relacionados

Sê o(a) primeiro(a) a comentar

Veja também

ctalmada

Rita Redshoes já é mãe

Cantora estreia-se na maternidade Rita Redshoes foi mãe pela primeira vez no passado sábado, dia 22. Deliciada com as primeiras vivências da maternidade a cantora ...