Dália Madruga responde a Cláudio Ramos “há alguma refeição que faças com a cabeça tapada?”

0

Apresentadora reage a críticas de Cláudio Ramos

Uma fotografia partilhada pela antiga apresentadora a amamentar a filha, nas redes sociais, deu origem a algumas críticas por parte do cronista, no programa Passadeira Vermelha.

Nas redes sociais, Dália Madruga respondeu à observação feita pelo cronista “Sei que achaste que a minha fotografia a amamentar a minha filha mais nova, na Golegã, desnecessária!… tenho pena que sendo tu uma pessoa que admiro por ser tudo menos retrógrado aches que uma fotografia de uma mãe a amamentar possa ser considerado exibicionismo. Entristece-me, aliás, que seja cada vez menos normal as mulheres amamentarem os filhos! Eu tenho imenso orgulho em poder dar à minha filha todas as defesas que ela possa receber, tenho ainda mais orgulho quando uma simples fotografia incentiva outras mães a perderem a vergonha de um acto tão simples.”.

A antiga apresentadora questiona mesmo “Pergunto-te, há alguma refeição que faças com a cabeça tapada? Ou alguma vez comeste na casa de banho ou confinado num espaço mínimo com cheiros menos agradáveis? Provavelmente não! Então porque teria eu de sujeitar a minha filha a isso quando ela está a ser alimentada? A minha filha mama onde e quando quer e se com esse gesto tão normal incentivar outras mulheres a fazer o mesmo ficarei feliz, porque não há nada mais bonito e natural que providenciarmos alimento àqueles a quem demos vida!”.

Para finalizar, Dália madruga esclareceu “E no MEU instagram continuarei a partilhar o que achar que devo partilhar, seja o meu imenso amor pelos meus filhos e marido, seja qualquer banalidade ou conselho que ache que seja meritório, porque aqui só há amor e amizade, não há diz que disse! Beijinho para ti!”.

Artigos Relacionados

Sê o(a) primeiro(a) a comentar

Veja também

Laura Figueiredo de luto pelo irmão

Apresentadora chora a morte do irmão Laura Figueiredo está de luto pela morte do irmão Mário de Souza Figueiredo. De acordo com o Correio da Manhã, ...