ErosPorto com fetichismo por pés, sexo tântrico e orgia swinger

0
speedcom

Uma área temática dedicada ao fetichismo por pés, outra ao sexo tântrico e a realização de uma orgia entre swingers são algumas das novidades do IX ErosPorto – Salão Erótico do Porto, que se realiza de 10 a 13 de março, na Exponor. O maior evento erótico português terá ainda palestras sobre ejaculação feminina (squirting), desfiles de lingerie e a apresentação da mais recente produtora nacional de filmes para adultos.

A completar nove anos, o ErosPorto – Salão Erótico do Porto regressa no próximo mês de março com as mais recentes tendências e novidades nas áreas do erotismo e da sexualidade, não só em termos de práticas sexuais, como também ao nível de produtos e serviços. O evento, que tem os portugueses Erica Fontes, atriz e produtora, e Fostter Riviera, ator de filmes gay, como porta-vozes, continua a apostar ainda nas componentes lúdica, com a apresentação de espetáculos diversificados e contínuos, e educativa, através de palestras, aconselhamento e a presença de associações de planeamento familiar e de sensibilização para o VIH/SIDA.

Ao longo dos anos o ErosPorto tem apresentado os mais diversos fetichismos e esta edição não foge à regra com a inclusão da nova área temática Foot Fetish. A atração erótica por pés, seja pelo seu tamanho, forma dos dedos ou até odor, vai estar em destaque com a presença de Arola Poch, uma das maiores especialistas espanholas nesta prática que sempre existiu mas que as pessoas vivem agora com maior naturalidade.

Outra novidade nas áreas temáticas é a Extasia, um projeto proveniente da Hungria que promove uma sexualidade saudável, baseada nos princípios do caminho milenar tântrico. Pretende-se revelar aos casais a oportunidade extraordinária da continência amorosa na transformação do potencial sexual numa energia que conduza a orgasmos múltiplos e ao estado de êxtase, através da apresentação de métodos precisos, iniciações e ensinamentos espirituais.

Também ponto de interesse para os casais, a área Swinger, espaço dedicado aos mais liberais, vai contar pela primeira vez com a realização de uma orgia entre swingers. Mas para quem apenas quer saber mais, os dois clubes presentes vão prestar toda a informação sobre esta prática sexual que vai muito para além da mera troca de casais, com diferentes modalidades onde se incluem, entre outras, a observação, o ser observado e a inclusão de outro ou outros no relacionamento sexual.

As práticas da sexualidade extrema, que incluem jogos entre dominadora e dominados, continuam a ter espaço no Salão Erótico do Porto, na área BDSM – Bondage, Dominação, Sadismo e Masoquismo, com a liderança de Ama Monika, um das melhores dominadoras europeias.

Ao longo dos quatro dias vão existir muitas atividades para as mulheres, onde se incluem palestras – com destaque para o tema da ejaculação feminina (squirting) – espetáculos de striptease, consultório sexológico e lojas especializadas em jogos e complementos para a sexualidade do público feminino. Decorrerá ainda um concurso de pole dance e de strippers em que são as mulheres a decidir os vencedores.

Para a comunidade LGBT, a HotGay regressa ainda mais dinâmica com diversos shows, incluindo trios, fistings, pole dance, transformismo, bukakes e massagens com ou sem final feliz. A área vai contar ainda com um quarto escuro onde não existem limites à imaginação.

Nesta edição destaque também para a arte com espaços dedicados aos movimentos artísticos relacionados com o erotismo e a sexualidade, desfiles de lingerie com a participação das atrizes presentes no evento, a apresentação de uma nova produtora portuguesa de filmes para adultos, a realização de castings, gangbangs, momentos de magia, DJ’s e diversos concursos com nomes tão sugestivos como “Garganta Profunda”, “Diana Erótica” e “Kamasutra Express”.

Neste IX ErosPorto – Salão Erótico do Porto participam mais de 100 artistas nacionais e internacionais, provenientes de vários países da Europa e América Latina. Atrizes, atores, strippers, pole dancers, drag queens e transformistas são apenas alguns dos protagonistas que poderão ser vistos em 12 palcos e áreas privadas com espetáculos diversificados e contínuos.

Artigos Relacionados

Sê o(a) primeiro(a) a comentar

Veja também