Manuel Luís Goucha processa Estado Português por “atitude homofóbica”

1
Manuel Luís Goucha

Manuel Luís Goucha está a processar o Estado Português por causa dos comentários de uma juíza. O apresentador da TVI queixa-se de homofobia e levou o caso ao Tribunal Europeu dos Direitos do Homem. Em causa está a postura da magistrada que avaliou o processo que ele moveu contra o programa “5 para a Meia Noite”, da RTP1, por lhe terem atribuído o prémio de melhor apresentadora de Portugal.

A revista VIP exibe Manuel Luís Goucha na capa a par da frase “Não posso pactuar com a atitude homofóbica de uma juíza“, que lhe é atribuída.

Uma juíza, uma mulher(…) diz que me ponho a jeito destas graçolas de mau gosto porque trabalho com um público feminino e sou conhecido por no meu vestuário usar cores do universo feminino. Mas onde está escrito que o amarelo, o rosa ou o roxo são de mulher? O que é isto? Idade Média? Mundo das trevas? Até posso perder, mas tenho direito a mostrar a minha indignação perante este tipo de justiça, que é preconceituosa“, salienta Manuel Luís Goucha na entrevista à citada publicação.

Posso ter a minha sexualidade, não mudei de género e sou homem. Eu sou homem. E aquilo foi uma brincadeira de mau gosto. Não sou uma apresentadora. A minha sexualidade é um pormenor da minha vida privada e íntima, não fez com que mudasse de género e isso não admito. Nunca sofri de preconceito e não deixo que ninguém me ataque e menospreze“, conclui Manuel Luís Goucha em declarações à mesma revista.

Artigos Relacionados

1 comentários

Post a new comment

Veja também

Débora Monteiro nega gravidez

Atriz esclarece que não está de bebé Uma imagem com dois corações, partilhada por Débora Monteiro nas redes sociais, levantou algumas suspeitas por parte dos ...