Vitaminas e sais minerais para o cérebro? Sim! Saiba quais são os seis mais importantes

0

O cérebro é a estrutura mais complexa do nosso corpo e contém cerca de 100 000 milhões de neurónios que geram mil bilhões de conexões entre eles. Sendo ele o órgão mais importante do corpo humano, com um papel preponderante em todas as funções do corpo, requer uma grande quantidade de energia para funcionar de forma eficaz. Na semana em que se assinala o Dia Mundial do Cérebro é importante relembrar que devemos ter cuidados para o manter saudável.

Tendo em conta que o cérebro consome perto de 20% das calorias que o corpo absorve, é fundamental ter atenção à qualidade da nossa alimentação. Então, para além de procurar levar um estilo de vida saudável, devemos ter em consideração as vitaminas e minerais que consumimos para nos ajudar a melhorar o desempenho mental e cognitivo.

Saiba quais são as vitaminas e minerais que ajudam a promover a saúde do cérebro a longo prazo:

  1. Vitaminas do Complexo B (B12, B6, B9): estas desempenham um papel central no funcionamento geral do cérebro, tendo em conta que intervêm na comunicação dos mais de 100 biliões de neurónios do mesmo. Para além disso ajudam a regular os níveis de homocisteína (substância presente no sangue), dado que se os níveis estiverem muito altos esta pode tornar-se tóxica e provocar danos nos vasos sanguíneos do cérebro. Para evitar perdas de memória, danos nos nervos e até distúrbios de humor lembre-se de incluir peixes, carnes, ovos, laticínios e vegetais de folhas verdes na sua dieta.
  1. Vitamina C: o pimento vermelho e verde, o kiwi, os brócolos e o morango vão ajudá-lo a manter-se concentrado e com a memória hábil, visto que, sendo ricos em vitamina C, ajudam na produção de certos neurotransmissores que controlam as ações de atenção e de resposta.
  1. Vitamina D: banhos de sol e peixes gordos têm em comum a vitamina D que é fulcral para o funcionamento saudável do sistema nervoso. O que ajuda na manutenção de um cérebro saudável.
  1. Vitamina E: é um importante antioxidante que ajuda no desacelerar do declínio cognitivo e melhora a memória durante o processo de envelhecimento cerebral. Nozes, tofu e abacate são alguns dos alimentos que vão ajudar a manter o cérebro jovem e atrasar o seu desgaste.
  1. Magnésio: protege o cérebro das neurotoxinas e pode reverter a deterioração neuronal. Ele também ajuda na memória de longo prazo e protege o cérebro de neurotoxinas. Alguns alimentos ricos neste mineral são o chocolate preto, feijão e nozes.
  1. Zinco: é um mineral especialmente abundante no cérebro e é essencial para o funcionamento cognitivo, para uma boa concentração e memória, e suporta o metabolismo cerebral. Para que não lhe falte zinco junte as ostras, o caranguejo, a carne, as sementes de abóbora à sua rotina alimentar.

//Bayer

Artigos Relacionados

Sê o(a) primeiro(a) a comentar