Já se pode comer sem tirar a máscara num restaurante (graças a invenção israelita)

0
Covid-19, coronavirus, máscara

Está com medo de sair para jantar fora, num restaurante? Uma invenção israelita pode ajudar a ultrapassar os receios, com uma maquineta que permite comer sem tirar a máscara de protecção contra a covid-19.

Se a moda pega, esta invenção israelita vai tornar-se a próxima grande sensação em restaurantes por todo o mundo! Trata-se de um dispositivo com controlo remoto que permite comer sem que seja necessário remover a máscara de protecção contra a covid-19.

Ao que se sabe, esta é a primeira máscara que permite o seu uso durante as refeições, graças a um controlo remoto que abre e fecha uma abertura na zona da boca. É o suficiente para deixar passar os alimentos!

“A máscara será aberta mecanicamente com a mão pelo controlo remoto ou automaticamente quando o garfo está a aproximar-se”, explica o vice-presidente da Avtipus Patents and Inventions, a empresa que inventou a máscara.

Quando se tira o garfo, ela fecha-se e “fica-se protegido de novo contra o vírus e outras pessoas sentadas ao lado”, explica ainda.

A empresa perspectiva vender esta máscara anti-covid a preços que podem chegar aos 3 euros, ligeiramente acima das habituais máscaras cirúrgicas.

Nas redes sociais há quem compare a máscara ao “Pacman”, o famoso jogo de vídeo dos anos de 1980.

Quanto à utilidade e à probabilidade de usar esta máscara, as opiniões dividem-se. Há quem a considere um “must have” da época, mas também quem note que nunca a usaria, imaginando que ia ficar todo respingado de comida, nomeadamente a comer um gelado.

Israel já procedeu à reabertura das actividades económicas, depois de um período de confinamento devido ao coronavírus. Mas, para já, os restaurantes só estão abertos para vender comida para levar.

//SV

Artigos Relacionados

Sê o(a) primeiro(a) a comentar

Veja também

@Katia Aveiro/Twitter

Katia Aveiro internada com covid-19

Cantora e empresária teve de ser internada após ter sofrido algumas complicações relacionado com o coronavírus Numa altura que se assiste a um novo aumento ...