Jennifer Lawrence e Rihanna ameaçam Google com processo milionário

0
Jennifer Lawrence

A Google que se cuide, pois poderá ter que enfrentar um mega-processo milionário movido por celebridades como Jennifer Lawrence e Rihanna. Em causa está o caso das fotografias íntimas de celebridades roubadas por hackers e publicadas na Internet.

Caso das fotos de celebridades nuas será culpa de hackers coleccionadores

As imagens continuam a ser facilmente pesquisáveis online, nomeadamente no Google, mantendo-se acessíveis em páginas do Youtube e do Blogspot, sites daquela empresa norte-americana. Assim, o advogado Marty Singer, que representará a cantora Rihanna, as actrizes Jennifer Lawrence e Kirsten Dunst e as modelos Kate Upton e Cara Delevingne, bem como algumas das outras celebridades vítimas dos hackers, deixa um sério alerta aos responsáveis do portal de Internet.

Numa carta incisiva, Marty Singer ameaça avançar com um processo contra a empresa, solicitando um mínimo de 100 milhões de dólares de indemnização por danos, alegando que a Google facilita a publicação de fotografias roubadas por hackers.

Fotos de Jennifer Lawrence e Kate Upton nuas em ponto gigante em exposição

O advogado argumenta, na missiva a que o jornal New York Post teve acesso, que a Google não está a agir como devia, nem a assumir todas as suas responsabilidades ao abrigo das leis existentes, e que está, ao invés, a “acomodar, a facilitar e a perpetuar a conduta ilegal” e a “fazer milhões à custa da vitimização de mulheres“.

Esta posição mais firme surge depois de uma primeira carta onde o advogado terá solicitado a remoção total das imagens. Marty Singer conclui que “o Google tomou pouca ou nenhuma acção para acabar com estes abusos“, considerando que tem interesse em “capitalizar o escândalo em vez de pará-lo” para recolher “milhões de dólares em lucros publicitários“.

Um porta-voz da Google já reagiu, frisando que a empresa já retirou diversas imagens de circulação e que continua a remover fotos que violem as suas orientações em termos da nudez e da violação de privacidade.

Removemos dezenas de milhares de fotografias – poucas horas após os pedidos terem sido feitos – e fechamos centenas de contas. A Internet é utilizada para muitas coisas boas. Roubar as fotos privadas de pessoas não é uma delas“, sustenta este elemento da Google.

Artigos Relacionados

Sê o(a) primeiro(a) a comentar

Veja também

Bons Sons regressa em 2024

Prevista para este ano, a 12.ª edição do Bons Sons será adiada para agosto de 2024. Após tantos anos, começaram as obras de requalificação do ...