Actor Diogo Carmona em tribunal acusado de violência doméstica pela mãe e a avó

0

O actor Diogo Carmona esteve, nesta semana, em tribunal para responder num processo em que é acusado de violência doméstica pela mãe e pela avó.

O jovem que teve, recentemente, um acidente que o levou o pé esquerdo e parte da perna, está a enfrentar acusações de violência por parte da mãe, Patrícia Carmona, e da avó materna.

Diogo Carmona esteve no Tribunal de Cascais, nesta terça-feira, para uma audiência que acabou por ser adiada.

“A audiência foi adiada porque existe um outro processo, com a mesma origem e os mesmos intervenientes, e, muito possivelmente, as duas queixas vão ser agregadas”, explica na revista Maria o advogado do actor, Jorgen Santos, esclarecendo que uma das queixas é de 2018 e a outra de 2019.

O advogado também garante que Diogo Carmona “está tranquilo e decidido a fazer pela vida e a ultrapassar os problemas” que enfrenta.

Em Tribunal, o actor evitou cruzar-se com a mãe e com a avó, salientando à Maria que elas lhe são “indiferentes”. “Se houve violência, foi das duas partes”, realça ainda, frisando que a mãe esteve no hospital, para o acompanhar, quando teve o acidente, mas que isso “não significa que se preocupe” com ele.

“O meu grande apoio são os meus avós paternos”, afiança ainda o actor que participou em séries como “Floribela” e “Morangos com Açúcar”.

Em 2018, Diogo Carmona acusou a mãe de lhe ter roubado todo o dinheiro que ganhou como actor. Depois disso, a mãe começou a acusá-lo de violência doméstica e chegou a chamar a polícia várias vezes, para fazer queixa dele.

O actor está com Termo de Identidade e Residência, no âmbito dos processos em que é acusado, e continua a fazer sessões de fisioterapia, enquanto ainda sonha com o regresso à carreira de actor.

//SV

Artigos Relacionados

Sê o(a) primeiro(a) a comentar

Veja também

Maro vence Prémio José Afonso 2024

O álbum “hortelã”, da cantora MARO, é o vencedor do Prémio José Afonso 2024 A escolha de “hortelã” como álbum vencedor do PJA 2024 deveu-se ...