Maria Vieira arrasa Olavo Bilac e Diogo Piçarra “Que falta de carácter”

0

A polémica em torno do jantar-comício do partido Chega em Leiria continua a dar que falar

Maria Vieira reagiu esta quinta-feira à polémica que envolve o partido Chega , André Ventura, Olavo Bilac e Diogo Piçarra. A atriz que esteve no jantar que deu origem à polémica arrasa o cantor dos ‘Santos e Pecadores’ pela forma como se desmarcou do evento.

Nas redes sociais, a atriz que também é apoiante do partido fez saber “cumprimentei e abracei o Olavo Bilac no final da sua actuação, depois dele se ter despedido das mais de 800 pessoas ali presentes, com um sonoro e sentido «VIVA PORTUGAL»! Desconheço se ele sempre se despede do público com essa bonita saudação nacionalista, mas fê-lo após a sua curta actuação em Leiria e sem que ninguém lhe tivesse pedido para o fazer, tal como ninguém lhe pediu para ele abraçar o André Ventura, nem sequer para ele tirar uma foto com o candidato presidencial do CHEGA”.

“É pois com muita decepção, com muita mágoa e com uma enorme revolta, que vejo a triste e lamentável atitude deste cantor, que foi devidamente pago para exercer a sua profissão e que posteriormente, sob a pressão e as ameaças de uns quantos miseráveis que dizem ser seus colegas e amigos, vem renegar aqueles que lhe pagaram e que dessa forma lhe deram de comer a ele e à sua família, assim como desrespeitar aquele mar de gente que o aplaudiu no final da sua actuação! Que tristeza! Que vergonha! Que falta de carácter, Olavo Bilac!!!” afirmou.

Ainda na mesma partilha, Maria Vieira não poupou críticas ao cantor Diogo Piçarra por ter vindo a público criticar o colega. “E o que dizer dessa criatura chamada Diogo Piçarra, desse oportunista mal encarado e mal formado, que já foi apanhado a plagiar uma música de outro compositor e que agora vem a público, com o intuito de dar nas vistas, criticar o seu colega de profissão e acusá-lo de falta de carácter, quando carácter é tudo aquilo que lhe falta a ele, não apenas por copiar o trabalho dos outros, como sobretudo por tentar prejudicar e destruir a carreira de alguém que como ele tenta sobreviver numa altura tão difícil para todos os artistas!” escreveu.

A atriz refere ainda que “Este Diogo Piçarra, cujas cantorias são mais entediantes que os discursos do Marcelo Rebelo De Sousa, faz-me lembrar uma outra criatura do mal, só que essa tem nome de esférico…”.

//AR

Artigos Relacionados

Sê o(a) primeiro(a) a comentar

Veja também

Quarteto Ibérico hoje no TMJB

O Teatro Municipal Joaquim Benite apresenta hoje, dia 19 de Setembro, pelas 21h30, um concerto de cordas do Quarteto Ibérico, intitulado Uma Viagem pelos Tempos, que inclui ...