Olavo Bilac “devo uma explicação a toda a gente”

1

Cantor faz esclarecimento público após concerto em jantar-comício do partido Chega

Uma foto partilhada por André Ventura no Twitter está a dar que falar. A foto foi tirada, na passada sexta-feira, durante um jantar-comício do partido Chega em Leiria.

Esta segunda-feira, o vocalista dos Santos & Pecadores partilhou nas redes sociais um comunicado onde deixa um pedido de desculpa aos fãs e aos músicos portugueses e esclarece que em nada se identifica com o partido liderado por André Ventura.

“Acho que devo uma explicação a toda a gente, além de a mim próprio”, começou por afirmar o cantor. “Sim, é verdade que fui atuar profissionalmente a um jantar privado do partido Chega, com o qual não tenho nenhum tipo de relação política ou afetiva. Sim, sou eu na selfie tirada pelo André Ventura, num momento final da minha atuação“.

Sobre as repercussões que a fotografia gerou, Olavo Bilac esclarece “Confesso que na altura encarei isto só mesmo como mais uma atuação e mais uma selfie, especialmente numa altura em que eu, os músicos que me acompanham e os técnicos têm quase a totalidade do seu ganha pão cancelado desde Março…Mas percebo que errei. Nunca pretendi apoiar o Chega, assim como nunca apoiei qualquer força política para as quais já toquei ao longo de toda a minha carreira. Mas devia ter tido o discernimento para perceber que não era só mais um concerto para mais um partido e das implicações que esta atuação profissional iria desencadear…”.

“Peço desculpa ao meu público que de algum modo se tenha sentido ofendido por esta situação, uma vez que sempre defendi valores enquanto cidadão independente bem diferentes daqueles apregoados por este partido. Peço desculpa também aos meus pares da indústria, músicos que já tantas vezes hipotecaram o dia devido aos seus princípios.
Às vezes peco por nunca dizer que não ou recusar uma foto, relativizando as situações privadas em favor das outras pessoas. Desta vez não pensei nas pessoas que me estão mais próximas.. – Olavo Bilac”
pode ler-se.

Ver essa foto no Instagram

Acho que devo uma explicação a toda a gente, além de a mim próprio. Sim, é verdade que fui atuar profissionalmente a um jantar privado do partido Chega, com o qual não tenho nenhum tipo de relação política ou afetiva. Sim, sou eu na selfie tirada pelo André Ventura, num momento final da minha atuação. Confesso que na altura encarei isto só mesmo como mais uma atuação e mais uma selfie, especialmente numa altura em que eu, os músicos que me acompanham e os técnicos têm quase a totalidade do seu ganha pão cancelado desde Março…Mas percebo que errei. Nunca pretendi apoiar o Chega, assim como nunca apoiei qualquer força política para as quais já toquei ao longo de toda a minha carreira. Mas devia ter tido o discernimento para perceber que não era só mais um concerto para mais um partido e das implicações que esta atuação profissional iria desencadear… Peço desculpa ao meu público que de algum modo se tenha sentido ofendido por esta situação, uma vez que sempre defendi valores enquanto cidadão independente bem diferentes daqueles apregoados por este partido. Peço desculpa também aos meus pares da indústria, músicos que já tantas vezes hipotecaram o dia devido aos seus princípios. Às vezes peco por nunca dizer que não ou recusar uma foto, relativizando as situações privadas em favor das outras pessoas. Desta vez não pensei nas pessoas que me estão mais próximas… – Olavo Bilac

Uma publicação compartilhada por Olavo Bilac (@olavobilac.oficial) em

//AR

Artigos Relacionados

1 comentários

Post a new comment

Veja também

Leandro sofre grave acidente de carro

Apesar do aparatoso acidente, o cantor e familiares não sofreram ferimentos de maior Cantor Leandro viajava com o filho bebé e a companheira, este domingo, ...