14ª Festa do Cinema Italiano: Conheça a Programação Completa

0

A 14.ª Festa do Cinema Italiano realiza-se, a partir de 2 de novembro em mais de 10 salas de cinema portuguesas, com o mesmo espírito acolhedor, curioso e transversal das edições anteriores, exibindo um conjunto de filmes italianos, aclamados pela crítica internacional e alguns dos maiores sucessos de bilheteira em Itália.


Em Lisboa, o festival realiza-se de 2 a 10 de novembro, no Cinema São Jorge (sessões de abertura e de encerramento), no Cinema Medeia Nimas, no UCI El Corte Inglés, na Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema (onde é exibida a restrospetiva Siamo Donne – Divas do Cinema Italiano, durante o mês de novembro) e, pela primeira vez, na Culturgest.

Para além de Lisboa, a Festa do Cinema Italiano realiza-se de 2 a 4 de novembro em Coimbra (TAGV – Teatro Académico Gil Vicente), de 3 a 5 de novembro, em Beja (Pax Júlia Teatro Municipal), de 4 a 7 de novembro, em Setúbal (Auditório Charlot), de 4 a 7 de novembro, em Penafiel (Cinemas Cinemax) de 4 a 10 de novembro no Porto (Cinema Trindade), de 4 a 7 de novembro, em Cascais (Cinema da Villa), 6 e 7 de novembro, em Alverca do Ribatejo (TEIV – Teatro Estúdio Ildefonso Valério), de 15 a 16 de novembro, em Aveiro (Teatro Aveirense), de 18 a 25 de novembro, em Tomar (Cine-Teatro Paraíso), de 23 a 26 de novembro, em Almada (Auditório Fernando Lopes Graça), seguindo para outras cidades portuguesas a anunciar em breve.

Destaques de Programação:

Sessão de abertura – antestreia

Em antestreia portuguesa, o último filme de Nanni Moretti, Tre Piani (Três Andares) abre o festival no dia 2 de novembro, em Lisboa, no Cinema São Jorge. Apresentado na seleção oficial do último festival de Cannes, o novo filme de Nanni Moretti foi aplaudido unanimemente pela crítica, que o considerou um dos melhores filmes da carreira do realizador. O realizador, que interpreta o papel de um juiz no filme, convocou um elenco de luxo para Três Andares, composto por Riccardo Scamarcio, Alba Rohrwacher e Margherita Buy.

Sessão de encerramento – antestreia

A sessão de encerramento da Festa realiza-se no dia 10 de novembro, em Lisboa, e tem a particularidade de ser também a sessão de abertura do Olhares do Mediterrâneo |- Women’s Film Festival. Os dois festivais juntam-se por uma noite, no Cinema São Jorge, para apresentar o filme Le Sorelle Macaluso (As Irmãs Macaluso), terceira longa-metragem da aclamada dramaturga Emma Dante, que conta a história de cinco irmãs e como o tempo atravessa as suas relações e a forma como vivem.

Antestreias

Prémio do júri no passado festival de Veneza chega em Portugal La mafia non è più quella di una volta (Era uma Vez a Máfia) de Franco Maresco, divertido e surreal retrato da vida de Palermo através das histórias de quem luta ou de quem convive com as organizações criminosas desta cidade.

Também do festival de Veneza chega-nos a comédia “negra”, I predatori (Os Predadores), realizado e protagonizado por Pietro Castellitto, filho do mítico ator e realizador italiano, Sergio Castellitto, que também terá um filme nesta edição. O filme conta a história de duas famílias que apesar de serem muito distintas na escala social, algo as une na caótica Roma.

Il Materiale Emotivo (Uma Livraria em Paris), de Sergio Castellitto, é uma adaptação da banda desenhada Un Drago a forma di nuvola, criada por Ivo Milazzo e com o argumento original do mestre Ettore Scola. O mesmo tinha intenções de adaptar o livro para o grande ecrã. Uma história delicada sobre os sentimentos e a necessidade de abertura para a vida e para os outros.

Retrospetiva Siamo Donne – Divas do Cinema Italiano

Este ano, a Festa do Cinema Italiano faz-se no feminino, dedicando um espaço particular às grandes atrizes e intérpretes do cinema italiano através de Siamo Donne – Divas do Cinema Italiano, uma retrospetiva (secção Amarcord) em colaboração com a Cinemateca Portuguesa. A retrospetiva será constituída por um ciclo com mais de 15 filmes que parte dos tempos do cinema mudo até os nossos dias. Foram e são muitas as atrizes italianas que marcaram profundamente o cinema de hoje e que são reconhecidas e admiradas e Itália e em todo o mundo. 
Esta retrospetiva é também uma oportunidade de descobrir ou redescobrir em sala as interpretações inesquecíveis de atrizes como Sophia Loren, Monica Vitti,  Silvana Mangano, Claudia Cardinale, Alida Valli, Anna Magnani e muitas outras.

Sessões especiais:

A 14ª edição da Festa é marcada pela forte presença feminina. Seja na fotografia, moda, ou música, o festival homenageia algumas das mulheres que marcaram a história italiana.

Letizia Battaglia: Exposição de Fotografia e exibição dos filmes Shooting The Mafia e La mafia non è più quella di una volta (Era Uma Vez A Máfia). 

A Festa faz uma homenagem à fotógrafa Letizia Battaglia, nome incontornável da fotografia italiana e fotojornalista reconhecida no mundo inteiro pelo seu trabalho único em retratar a máfia italiana. Apesar de ter ficado famosa pelas suas fotografias nos meandros da máfia, Battaglia documentou igualmente a vida quotidiana siciliana.

Letizia Battaglia estará presente no festival com uma exposição fotográfica “Mafia, Passione… Amore”, juntamente com o fotógrafo Roberto Timperi. Igualmente, a fotógrafa estará na exibição do filme Shooting the Mafia, de Kim Longinotto, um documentário dedicado à sua obra e à memória da história italiana e o filme La mafia non è più quella di una volta (Era Uma Vez A Máfia) de Franco Maresco, vencedor do Prémio do Júri na última edição do Festival de Veneza.

A festa conta ainda com o documentário La Scomparsa di Mia Madre, de Beniamino Barrese. Realizado pelo seu filho, o filme conta a história de Benedetta Barzini, ícone de moda nos anos 60 e musa de Andy Warhol, Salvador Dalí e Richard Avedon que tornou-se feminista radical e activista pelos direitos das mulheres. O realizador Beniamino Barrese e a protagonista Benedetta Barzini estarão presentes no festival.

A Festa apresenta também The Rossellinis, de Alessandro Rossellini. Narrado na primeira pessoa por Alessandro Rossellini, neto do mestre italiano Roberto Rossellini, o filme remonta ao passado para levantar questões íntimas e refletir sobre os diferentes papeis familiares que cada elemento possui. Uma terapia familiar em frente a uma câmara de filmar. O realizador Alessandro Rossellini estará presente no festival.

Para além do cinema dedicado ao elemento feminino, a 14ª Festa do Cinema Italiano assinala os 20 anos dos confrontos da Cimeira do G8 em Génova com uma mesa redonda com vários convidados e com a projeção de filmes e documentários relacionados com a temática, nomeadamente, Diaz – Don’t Clean Up This Blood de Daniele Vicari.

Haverá também uma reflexão do presente com dois filmes de Andrea Segre: Molecole e Welcome Venice. O realizador estará no festival para debater os temas abordados nos seus filmes, nomeadamente o impacto do turismo de massas em Veneza e o que mudou após a era Covid.

Eventos Paralelos

Exposição de fotográfica “Mafia Passione… Amore”
De Letizia Battaglia e Roberto Timperiq

Uma exposição com fotografias de Letizia Battaglia e Roberto Timperi realizada como complemento do documentário Shooting the Mafia, de Kim Longinotto. Dois fotógrafos com experiências estéticas distintas que unem forças e expõem em conjunto o mundo que pretendem retratar. Letizia com as suas fotografias sobre Palermo, a máfia e a beleza. Roberto com as imagens que exteriorizam as suas pulsões interiores no confronto com os mais marginalizados, os vagabundos e os loucos. 
Entrada Livre. 

Exposição Fotográfica “PHOTOCALL – Atrizes do Cinema Italiano”
5 de novembro / Sociedade Nacional de Belas Artes / 17h00

A acompanhar a retrospetiva Siamo Donne – Divas do Cinema Italiano, a 14ª Festa do Cinema Italiano apresenta a exposição fotográfica PHOTOCALL – Atrizes do Cinema Italiano, realizada em colaboração com o Museu de Cinema de Turim. Atrizes do cinema italiano que marcaram ao longo de um século, o cinema italiano através dos seus corpos, os rostos e representação e que se tornaram famosas no mundo inteiro. Uma viagem pela memória coletiva que vai desde os ícones do cinema mudo às estrelas de hoje. 

Cine-Jantar
7 , 8 e 9 de Novembro / Restaurante DaLuca 

A gastronomia será, como habitualmente, um dos principais convidados da Festa do Cinema Italiano. Volta o famoso Cine-Jantar, o evento que dura três noites e que combina o cinema com o melhor da cozinha italiana. Este ano, o Cine-jantar é dedicado às trufas, especialmente trufa branca de Alba, à cozinha e aos vinhos da região de Piemonte no âmbito da projeção do filme The Truffle Hunters, de Gregory Kershaw e Michael Dweck, produzido por Luca Guadagnino. 
Em colaboração com o chef Luca Salvadori dos restaurantes Il Covo e DaLuca.


Festa Italo Disco – Tributo a Raffaella Carrà 
6 de Novembro / Fábrica do Pão – HUB Criativo do Beato / 21h30

Uma homenagem à diva italiana Raffaella Carrà, cantora, apresentadora e atriz italiana, intérprete de êxitos como Que Dolor e Hay que venir al sur com a exibição do filme Explota, explota, de Nacho Álvarez, e a realização de uma festa temática com concertos eespetáculo burlesque. A não perder o regresso à pista de dança!  Entrada Livre.

//Flagra

Artigos Relacionados

Sê o(a) primeiro(a) a comentar

Veja também

Morreu a atriz brasileira Mila Moreira

Conhecida atriz brasileira faleceu na madrugada desta segunda-feira A conhecida atriz Mila Moreira, de 72 anos, perdeu a vida esta segunda-feira dia 6. De acordo ...